GESTÃO ADEQUADA DOS RESÍDUOS GERADOS

PRIMEIROS PASSOS

O Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ), campus Maracanã, ADERIU NO ANO DE 2012 ao Decreto 5.940 / 2006, que consiste na doação de resíduos recicláveis gerados por órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta para cooperativas ou associações de catadores de recicláveis, por meio da Portaria 826, de 17 de Outubro de 2012, que designa servidores para comporem a COMISSÃO CENTRAL DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA (CCCSS) no campus Maracanã. Contudo, apenas em agosto de 2015, início do período letivo do ensino superior, que se verificou na prática a implementação da COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA COM O PROJETO RECICLA CEFET/RJ NO CAMPUS MARACANÃ.

clique para abrir

PORTARIA

A Portaria mais nova, reeditada, é a de 1.344, de 17 de Novembro de 2016, designando os servidores que compõe a Comissão.​

SEPARAÇÃO EM: LIXO NÃO RECICLÁVEL (LIXO ÚMIDO) E LIXO RECICLÁVEL (LIXO SECO)

Iniciamos com a separação na fonte e destino dos resíduos secos gerados, mais comuns, na instituição de ensino: papel, papelão, plástico, vidro e metal à cooperativa.

COLETA DE RESÍDUOS ELETROELETRÔNICOS

Foi iniciada também, a coleta de materiais eletrônicos que não são mais utilizados, para o reaproveitar ou destinar apropriadamente eles.

COLETA DE ÓLEO COMESTÍVEL

Num segundo momento, em função da demanda da comunidade por alocar outros resíduos pessoais, implantou-se a coleta de óleo de cozinha.

A coleta de óleo é feita para que a cooperativa transforme em sabão.

COLETA DE PAPEL

Banner do multirão de Papel
Contribuições coletadas

Coleta de cadernos, livros, revistas, apostilas e envelopes usados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *